sexta-feira, 18 de abril de 2014

Como fazer o Navigo, cartão de transporte público que lhe permite andar de forma ilimitada em Paris


Se você acaba de chegar em Paris e pretende passar uma longa temporada na cidade luz, nada melhor que ter a liberdade de se locomover no eficiente transporte público da região parisiense sem pagar muito caro por isso. Com o cartão de transporte Navigo, você pode usar o transporte público (metrô, trem - RER, ônibus e trens elétricos) ilimitadamente, pagando um valor fixo semanal, mensal ou anual.

Para fazer seu Navigo é preciso que você comprove que mora na região parisiense (Ile-de-France). Contratos de aluguel, faturas de eletricidade, contratos de trabalho ou comprovantes de matrículas em faculdades ou escolas (intercâmbio), servem como comprovante de residência. Se você está passando uma temporada na casa de amigos (2 ou 3 meses no mínimo), leve a "carta convite" oficial (documento emitido pela prefeitura daqui e que você utiliza para justificar na polícia de imigração onde você vai ficar hospedado). Contratos de cursos de francês que tenham escrito seu endereço também servem como comprovante de residência.

Munido do comprovante de residência e seu passaporte, dirija-se a um guichê de atendimento em alguma estação de trem ou metrô, preencha um pequeno formulário e voilà! A primeira via do cartão Navigo semanal, mensal ou anual é grátis e não precisa levar foto, a foto é feita na hora. 

Mas atenção: turistas não tem direito ao Navigo. Se você está apenas visitando Paris terá a opção de comprar tickets avulsos que custam  1,70* e possibilitam uma única viagem. Se for se locomover muito, dê preferência ao Paris Visite, ticket que custa € 10,85* e lhe permite usar o transporte público (trem, ônibus e metrô) de forma ilimitada durante todo o dia (nas zonas 1, 2 e 3, que são as mais utilizadas pelos turistas). 

Modelo Navigo/Imagem RAPT
Recargas: munido do cartão Navigo, chegou a hora de fazer a recarga, que pode ser feita nos balcões de atendimento das estações ou nas máquinas de auto-atendimento (precisa usar cartão de crédito neste caso). Caso não saiba ainda usar as máquinas de auto-atendimento, recarregue nos balcões ou peça ajuda aos funcionários da RAPT ou SNCF (empresas de transporte público de Paris). Se ainda tiver dificuldade com o francês, escolha um horário menos movimentado para fazer a recarga com calma. As máquinas de auto atendimento são auto-explicativas e tem opções de idioma como inglês e espanhol, o que facilita a vida. 

Tanto as máquinas de auto-atendimento, quanto o funcionário dos guichê das estações, vão perguntar a zona que deseja carregar, assim como o período de recarga (semanal ou mensal).


Se você se locomove apenas em Paris e cidades vizinhas, será as zonas 1 e 2. Caso precise se locomover por cidades mais distantes de Paris, preste atenção na sua zona. Aqui elas vão de 1 a 5 (clique aqui para conferir o plano interativo com todas as zonas). Exemplo: se estiver em Paris e precisar ir frequentemente a zona 4 terá que pagar da zona 1 a 4. Atenção: como não há barreiras entre as zonas, fique atento para não passar a zona do seu contrato Navigo. Se acontecer, você poderá ser multado pelos controladores da RAPT ou SNCF, que estão espalhados por estações e até mesmo dentro dos trens e metrô. A multa mínima é de € 45 euros*.

O preço da zona 1 e 2 é de  67,10* para o contrato mensal. Já o contrato de uma semana custa € 20,40*Os contratos mensais são válidos do dia 1º até o último dia do mês. Os semanais começam sempre no domingo.

Exemplo: se você recarrega para  mês inteiro no dia 10, você poderá usar do dia 10 até o último dia do mês, perderá 10 dias de utilização. O mesmo acontece com os contratos semanais: se você carrega na terça, poderá usar da terça até às 23h59 do sábado, perdendo o domingo e a segunda-feira . Resumindo: recarregue sempre no início do mês (se preferir o contrato mensal) e aos domingos, caso opte pela recarga semanal. 

Estudantes: Os estudantes menores de 26 anos tem direito a desconto na tarifa, que varia de acordo com o tipo de contrato e subversão oferecida pelo governo. Os descontos na tarifa podem ser de mais de 50%. Portanto, se você é estudante e tem menos de 26 anos, peça o Navigo Imagine R. Documentos suplementares, como comprovante de matrícula serão necessários, evidentemente. 

* os valores especificados neste post são referentes ao período de abril de 2014. Valores atualizados podem ser consultados no site da RATP: http://www.ratp.fr/fr/ratp/c_20585/titres-tarifs/

Nenhum comentário:

Postar um comentário