segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

Deve nevar em Paris amanhã (22/01)


Demorou, mas as baixas temperaturas chegaram com tudo esta semana em Paris. Com os termômetros marcando entre 0 e 3 graus, parece que a neve deve cair na capital francesa nesta terça (22) e na quarta-feira (23).

De acordo com os meteorologistas, os primeiros flocos devem tocar o solo de Paris amanhã cedinho, entre 7 e 8 da manhã, devendo aumentar de intensidade durante o período da tarde e se estender até a noite da quarta-feira. 

Se você vai dirigir, as autoridades recomendam prudência, já que as estradas devem estar congeladas e escorregadias. 

Para quem tem voo marcado, até agora não existe nenhum alerta com relação a possíveis atrasos, mas as autoridades recomendam sair um pouco mais cedo de casa. 

Até o momento não se sabe exatamente quantos centímetros de neve cairá em Paris, mas ao que tudo indica, esta primeira nevasca não causará grandes transtornos, pois deve ser misturada com chuva e granizo, o que faz a neve derreter mais rápido. 

Apesar de não ser muito comum nevar grandes períodos em Paris, a época a qual há mais probabilidade é entre os meses de janeiro e fevereiro. 

Fica a dica se você quiser aproveitar a cidade luz branquinha e glacial 😏. 

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

8 dicas para comprar perfume barato na França?


Que os perfumes franceses são os melhores já sabemos. Mas tudo o que é bom tem um preço e os perfumes franceses não ficam de fora desta regra. Mas então, como economizar até 30% ou mais no seu perfume preferido? 

1 - Tenha o cartão de fidelidade da loja

Se você mora na França, com certeza deve saber que tendo o cartão de fidelidade de uma perfumaria, você tem o ano inteiro, no mínimo, 20% de desconto. Eu, particularmente, considero os 20% que eles oferecem cotidianamente o preço normal dos perfumes, sem grande vantagem para o consumidor. 

Mas em algumas ocasiões os descontos podem ir de 25% a 30%. Ou seja, neste momento comprar começa a ser interessante. É a hora certa de aproveitar! E para ter acesso a estas vantagens, só tendo o cartão de fidelidade da loja...

2 - Como ter o cartão de fidelidade?

Para ter o cartão de fidelidade de uma perfumaria francesa, basta fornecer, no site ou na própria loja, o seu nome, o e-mail e o seu endereço. Eles te dão o cartão de fidelidade na hora e você já pode aproveitar as promoções do momento. 

Mas ai você me pergunta: eu sou turista, não tenho endereço francês, como faço? Como algumas lojas só aceitam endereços de residentes na França, seja esperto, dê o endereço de um amigo que more aqui, do seu hotel, do apartamento que alugou no Airbnb, etc. Não importa, o importante é estar cadastrado na base de dados da loja para ter acesso aos descontos. Uma vez cadastrado você poderá aproveitar todas as promoções. 

3 - Quais as perfumarias que oferecem os melhores descontos na França?

Na França, as duas maiores perfumarias são a Sephora e a Marionnaud. A Sephora, apesar de ser a mais conhecida, nem sempre tem os melhores descontos. Eu raramente consigo 25% ou 30% com a Sephora, por isso compro cada vez menos com eles. 

A segunda maior perfumaria é a Marionnaud. Na Marionnaud eu consigo constantemente 30% de desconto. E mais: eles tem um programa de pontos onde a cada 150 euros gastos, você recebe 7,5 euros em cheque presente. Ou seja, você pode acumular os 30% de desconto mais 7,5 euros. Nada mal heim? 

Outra perfumaria que também oferece descontos interessantes é a Nocibé. E parecido com a Marionnaud, na Nocibé também existe um programa de fidelidade onde você acumula 200 pontos (200 euros gastos) e ganha 10 euros em cheque presente. 

4 - Compre em sites de vendas privadas

Outra forma de comprar perfumes baratos na França é através de sites de vendas exclusivas para membros. O Showroomprivé é o site onde encontro mais descontos em perfumes, além de uma variedade enorme de marcas. Muitas vezes consigo comprar bem mais barato pelo Shoroomprivé do que pelas perfumarias clássicas. Vale realmente a pena!

terça-feira, 30 de outubro de 2018

Como abrir e usar uma conta bancária na França?


Se você pretende se instalar na França, ou chegou recentemente, obviamente, você vai precisar de uma conta bancária. Sem uma conta, você simplesmente não consegue viver por aqui, pois pagamentos, compras, salário, faturas, tudo é feito e pago por intermédio de um banco. Mas o que preciso para abrir  e como usar uma conta bancária na França?

O primeiro passo é estar vivendo aqui, ter um passaporte ou titre de séjour válidos, além de um comprovante de residência, que pode ser uma conta de luz, um recibo de quitação de aluguel, uma fatura de telefone fixo, etc. Caso seja estudante, pode apresentar a documentação que comprove que você está estudando na França. 

De posse dos documentos citados acima, você deve se dirigir a uma agência bancária de sua preferia. Na França, os principais bancos são o BNP Paribas, Societé Generale, LCL, Crédit Agricole, Banque Populaire, Caisse d'Epargne, Crédit Mutuel, entre outros.

Alguns bancos pedem comprovação de renda, mais isso não é obrigatório. Outros pedem um depósito inicial, que pode ser de qualquer valor. 

Estrangeiros sem papel ou não residentes podem abrir uma conta bancária? 

sábado, 20 de outubro de 2018

Qual a forma mais barata e eficiente de enviar dinheiro da França ao Brasil?


Muitos brasileiros recém chegados à  França se fazem esta pergunta frequentemente: como enviar dinheiro da França para o Brasil sem pagar muitas taxas e com a melhor taxa de câmbio? Na verdade, a primeira coisa que nos vem a mente é a Western Union, que é uma multinacional  muito conhecida e que oferece serviços financeiros no mundo inteiro. 

Na verdade, a Western Union, mesmo sendo a mais conhecida, nem sempre é a melhor escolha, apesar dela ter lojas espalhadas praticamente em todas as esquinas das grandes cidades francesas. Mas por que? Porque as taxas de envio são altas e muitas vezes o câmbio é desfavorável (assim como no seu banco francês). Eu, particularmente, utilizei a Western Union pouquíssimas vezes. Primeiro: pela razão citada anteriormente e, segundo, por achar muito complicada, burocrática e cheia de falhas a plataforma online de envio de dinheiro deles. 

Tendo em vista todos estes contratempos, durante um tempo, utilizei empresas financeiras menores, onde era preciso ir pessoalmente até uma agência para depositar os valores, o que na era digital soa no mínimo ridículo, pois você perde tempo para fazer algo que você poderia fazer em 5 minutos pela internet, sem precisar sair de casa. 

Até que num dia de férias, enquanto aproveitada uma boa praia no Recife (minha terra natal), uma amiga que mora em Londres me falou da Transferwise. Resolvi testar e adorei a praticidade e simplicidade para se enviar dinheiro ao Brasil. 






Basta fazer o cadastro no site com seus dados clicando aqui e em seguida cadastrar a conta no Brasil (ou as contas. Sim! Você pode cadastrar várias contas) a qual pretende enviar dinheiro. Feito isso, basta especificar o montante que pretende enviar e fazer o pagamento com o seu cartão de crédito europeu. Tudo online, de forma rápida, simples e segura (pelo menos eu nunca tive problemas)! Vale lembrar que o site pede cópias dos seus documentos, como passaportes e comprovantes de residência. Basta escanear ou tirar uma foto e enviar pela própria plataforma online. 

Outra coisa bacana da Transferwise é que a taxa paga por envio depende do valor o qual você vai enviar ao Brasil. Exemplo: enviando 100 euros, você paga cerca de 2,60 euros por envio. Enviando 400€ a taxa é de 6 euros aproximadamente. E vai aumentando de acordo com o valor enviado. 

Aí você pode me questionar: mas 6 euros é caro, conheço empresas que enviam por 3 euros este valor! Ok, você tem razão! Mas é aí onde está o "pulo do gato" que talvez você não tenha percebido: a taxa de cambio da Transferwise é sempre a mais elevada, a que se aproxima ao máximo da taxa de câmbio oficial (aquela que você pesquisa no Google para saber a cotação do dia)! Ou seja, mesmo se a taxa paga por envio for maior que em outras empresas, no final, após a conversão, a Transferwise sempre te paga mais! 

No site da Transferwise existe ainda uma ferramenta que te dar a possibilidade de comparar a taxa e o câmbio deles com as de outras empresas. Assim você pode ter certeza onde está fazendo o melhor negócio! E acredite, se enviar dinheiro pela Transferwise for menos vantajoso, mais caro e mais lento, eles te dizem através desta ferramenta. Isso achei o máximo!

Mais uma vantagem da Transferwise é que o dinheiro chega na sua conta brasileira em algumas horas, entre 3 e 5 horas geralmente, se você envia antes do meio-dia (no horário do Brasil, antes do fechamento das agências bancárias). E você pode acompanhar tudo pelo site, pela aplicação ou pelo seu e-mail, pois a Transferwise te informa todos os passos da transação.

Com relação a segurança, vale lembrar que a Transferwise já possui mais de 4 milhões de clientes no mundo, movimentando mais de 1 bilhão de dólares por mês.  A Transferwise também é regulada pela Financial Conduct Authority, a autoridade máxima que controla o setor financeiro do Reino Unido. A empresa também é uma das mais bem avaliadas do setor pelos clientes.

De todas as empresas que utilizei para enviar dinheiro ao Brasil, a transferwise é, sem soma de dúvidas, a mais eficiente, barata e transparente com relação ao custo e prazos. 

Abaixo deixo um vídeo da Transferwise, explicando como eles funcionam e o link para quem ainda não conhece a empresa:




Para conhecer melhor a Transferwise basta visitar o site:  https://transferwise.com

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

10 atitudes para arrasar em Paris e na França

Cada povo tem sua cultura, costumes e modo de vida. E por mais que os franceses tenham algumas semelhanças com nós brasileiros, as diferenças culturais existem e podem ser embaraçosas em alguns momentos. Foi por este motivo, para que você se sinta seguro na sua primeira viagem à Paris, que resolvi criar esta postagem.

 É claro que para todas as regras existem exceções e que neste post poderei exagerar um pouquinho para dar um tom leve e bem humorado ao tema. Nada pessoal, nenhuma cultura é superior ou inferior a outra, mas compreender as diferenças é fundamental para evitar situações constrangedoras e quem sabe uma falsa impressão do país o qual visitamos. Chega de blá blá e vamos lá! Quais as 10 atitudes para arrasar na França?

1 - Nunca ostente! 

Os franceses têm uma relação muito discreta com o dinheiro. A época de ostentar por aqui foi durante a monarquia. E como já sabemos, acabou mal, com o rei e a rainha decapitados durante a Revolução Francesa. De lá pra cá, os franceses ficaram cuidadosos ao falar de dinheiro, existe muita descrição e até certo pudor. Obviamente existem aqueles que não se importam e ostentam mesmo, mas estes indivíduos são bem mal vistos dentro da sociedade francesa. Está na França e tem dinheiro? Aproveite! Afinal, aqui existe um dos mais importantes mercados do luxo do planeta. Mas lembre-se que: diferente do Brasil, na França existe um certo tabu e muita discrição na hora de mostrar o poder da sua carteira. 

2 - Deixe o outro falar
Nós latinos temos o sangue quente e certa tendência, durante uma conversa, de falarmos todos ao mesmo tempo, não deixar o outro falar ou simplesmente falar muito alto. Para nós pode ser natural, mas na França, tal atitude soa bem mal educado. Óbvio que esta regra não é geral, mas a maioria dos franceses prezam pelo respeito da regra locutor e ouvinte. Por isso, para arrasar na França, nada de atropelar quem fala durante uma conversa ou usar um tom de voz muito alto, ok? 

3 - Tente falar francês e seja bem polido

Saber algumas palavrinhas ou frases prontas em francês poderá ser um plus durante sua primeira visita. E as palavrinhas mágicas aqui são: obrigado (merci) e por favor  (s'il vous-plaît). Use e abuse destas palavras mágicas e verá que, mesmo com um francês não muito bom (ou sem falar nada) você quase sempre será bem tratado. Além disso, a maioria dos franceses não dominam uma segunda língua, como o inglês, por exemplo. Por isso, tentar falar um pouco de francês será visto sempre como um esforço da sua parte, ajudando-o a integrar-se mais rápido caso esteja morando ou trabalhando na França. 

4 - Não chegue atrasado

segunda-feira, 9 de julho de 2018

10 atrações que você pode visitar de graça em Paris

Quando se pensa em Paris, a primeira ideia que se vem a cabeça é de uma cidade chique e cara. Pode até ser, pois Paris é um dos maiores mercados de luxo do mundo. Mas a vida real aqui na cidade luz vai muito além de marcas como Dior, Ives Saint Laurent, Louis Vuitton, entre outras. O cotidiano na cidade luz é democrático e com muito ou pouco dinheiro no bolso, é possível sim aproveitar a capital francesa. 

Nosso blog listou as 10 atrações turísticas que você pode aproveitar gratuitamente aqui em Paris, sem gastar um tostão! Vamos a lista?



1 - Catedral de Notre Dame - Uma das catedrais mais emblemáticas da França (e talvez do mundo) a Catedral de Notre Dame de Paris é aberta ao público gratuitamente. Basta chegar, entrar na fila e esperar a sua vez de admirar esta maravilha de arquitetura predominantemente gótica. A Catedral está aberta todos os dias da semana. Durante a semana abre das 7h45 às 18h45. Nos fins de semana das 7h45 às 19h45. 



2 - Maison de Victor Hugo - falando em Catedral de Notre Dame, quem não já ouviu falar do famoso corcunda de Notre Dame, romance do ilustre escritor francês Victor Hugo? Pois bem, na chiquérrima Place de Voges (próximo a Notre Dame) está localizado o apartamento onde viveu o escritor. O imóvel hoje é um museu e o apartamento onde viveu Victor Hugo pode ser visitado gratuitamente de terça à sábado, das 10h às 18h. O lugar é super charmoso, reunindo obras manuscritas, pinturas e objetos pessoais do artista. A visita vale super a pena!


Museu do Louvre - você deve está se perguntando: como assim, a visita ao Louvre é gratuita? Não exatamente! Mas entre os meses de outubro e março o museu abre as portas gratuitamente todo primeiro domingo do mês. Então, que tal ver a Monalisa economizando 15 euros? Nada mal heim! Aos domingos, o Museu do Louvre abre das 09h às 18h. 

sábado, 3 de março de 2018

Como gastar pouco com internet na sua viagem à Paris?


Se você é daqueles que, assim como eu, não consegue ficar desconectado durante muito tempo, seja na sua cidade ou durante as férias, este artigo foi feito para você! Está vindo de férias para a França e quer continuar online, tendo acesso as redes sociais para postar sua viagem, etc, mas não quer gastar uma fortuna? Neste artigo vou explicar como ficar sempre conectado gastando pouco! 

A solução, óbvio, é contratar um plano pré-pago aqui na França. Existem vários, inclusive com a possibilidade de usar o 4G em toda a Europa.

Muitos blogs indicam empresas com planos caros e que te obrigam a comprar roteadores. Não caia nesta! Estes blogs tem acordos comerciais com estas empresas e nem sempre dão dicas vantajosas aos seus leitores. Aqui as dicas são para que você saia ganhando! Então vamos as dicas! 


Para quem não sabe, a Orange é a melhor operadora francesa. Com uma rede sólida, você terá certamente internet 4G de qualidade durante todas as suas férias na França e na Europa. O pacote Orange Holliday custa 39,99 euros e inclui:

  • Carte SIM;
  • 2 horas de ligações de qualquer país da Europa para o mundo inteiro;
  • 1000 sms para o mundo inteiro;
  • 10 gigas de internet válidos na França e em todos os países da Europa;
  • créditos válido por 14 dias;
  • A linha fica ativa por 6 meses e pode ser recarregada;
  • A recarga custa 20 euros (adicionando 5Go de internet + 1 hora de ligações  internacionais + 500 sms + 14 dias de validade dos créditos);
  • Recarga pode ser feita pela internet;
  •  Você pode comprar o SIM em qualquer loja Orange da França, em lojas que vendem cigarros, bancas de revistas, supermercados, etc;
  • É preciso indicar o passaporte para ativar a linha;
O interessante deste pacote é a possibilidade de usá-lo em toda a Europa sem custos adicionais e sem precisar mudar de SIM a cada país do continente Europeu o qual pretende viajar.  E a Orange, como já disse, tem a melhor rede. É a minha operadora pessoal e a internet 4G funciona super bem em toda a Europa. 


Depois da Orange, a Bouygues é a segunda melhor operadora. A rede 4G funciona bem, tanto na França como no estrangeiro (já fui cliente e nunca tive problemas). A diferença da Bouygues e da Orange é que, na Bouygues, existem vários pacotes, com preços e validade de crédito diferentes. Com 40 euros na Bouygues (mesmo preço que na Orange), você terá menos 4G e minutos de ligações internacionais, mas terá o crédito válido por 2 meses, o que é ideal para viagens mais longas. O pacote de 40 euros da Bouygues inclui:

  • Carte SIM;
  • 25 minutos de ligações para o Brasil;
  • Ligações e sms ilimitados na França;
  • 5 Go de internet 4G;
  • Crédito válido por 2 meses;
  • Recargas a partir de 5 euros;
  • Diferentes pacotes de 5, 10, 20 40 euros;
  • Possibilidade recarga pela internet.
A desvantagem da Bouygues é não poder usar os dados de internet na Europa (até pode mais tem que pagar). Mas resolvi citá-la caso você precise de mais validade nos créditos e sua viagem de longa duração seja apenas na França. 

Existem várias outras operadoras como a Free, SFR, Virgin, La poste, etc. Mas não indico muito, pois fora a SFR que tem sua própria rede, as demais não possuem rede própria, o que compromete a qualidade da conexão. Já a SFR é melhor evitar, pois é uma das operadoras que oferece muito, mas a qualidade da rede é deplorável. 

Espero que você tenha curtido nossas dicas! Não esquece de nos seguir lá no Facebook e no Instagran para ficar por dentro das melhoras dicas de Paris e da França!