quinta-feira, 12 de março de 2015

As 12 frases que você "nunca" ouvirá sair da boca de um verdadeiro Parisiense

Como em todas as cidades do mundo, os parisienses tem seu jeito de ser, suas manias, costumes, tradições, gentilezas e até chatices. Talvez seja esta personalidade forte da população de Paris que faz com que a cidade tenha este charme e elegância que o mundo inteiro admira. 

A revista Time Out fez uma postagem super interessante com frases que você dificilmente ouvirá da boca de um parisiense. Nosso blog pegou as melhores, acrescentou algumas e vai te explicar o porque de cada expressão. Vamos embarcar nesta viagem do jeito de ser parisiense?

1 - Vamos tomar um café num terraço na Champs-Elysées? Dificilmente você encontrará um parisiense que frequente um café na avenida mais famosa da França. Aliás, a maior parte dos parisienses evitam a Champs-Elysées. Os motivos alegados: "na Champs-Elysées tem muito turista e eu não gosto" ou "é muito agitado" e até mesmo "não me sinto seguro lá", mesmo sendo uma das avenidas mais vigiadas do país. Coisa de parisiense... mas se você ainda não conhece a Champs-Elysées, vale sim a pena o passeio, afinal, é uma bela avenida, símbolo da França!

2 - Eu amo a linha 13! 
Se você não entendeu esta expressão a gente te explica. Um bom parisiense jamais dirá que ama usar a linha 13 do metrô. A razão: é uma das mais lotadas, que vai de norte a sul de Paris ligando os subúrbios ao centro da cidade e principais pontos turísticos.  Se quer se sentir parisiense, você já sabe que deve detestar esta linha... rs rs rs...




3 - Pago 200 euros de aluguel por mês. É muito caro! - Com toda a certeza, esta frase você jamais ouvirá sair da boca de um parisiense, pois os aluguéis aqui na cidade luz beiram o absurdo. Um pequeno studio de menos de 25m2 você não encontra por menos de 800 euros num bairro mais popular. Então, se está pensando em morar em Paris, é melhor preparar o bolso! 

4 - Sinceramente, com todos estes pombos me sinto muito próximo à natureza! 
Os verdadeiros parisienses detestam os pombos. E não é por maldade, mas porque estes bichinhos aparentemente inofensivos causam muitos transtornos. Além das doenças que podem transmitir, as fezes dos pombos sujam as ruas e estragam os monumentos. Como Paris é um museu à céu aberto, a prefeitura tem muito trabalho para controlar estes indesejáveis animaizinhos.

5 - É uma pena que o Canal de Saint-Martin não foi transformado em avenida. 
Apesar do trânsito não andar em Paris, está fora de cogitação para os parisienses a destruição de monumentos ou espaços públicos para a construção de novas estradas. Ufa! O Canal de Saint-Martin vai continuar intacto e atraindo o povo jovem e descolado de Paris nos dias de verão. 

6 - Quando estou de Vélib (bicicletas que podemos alugar em Paris) paro sempre no sinal vermelho. 
Temos a ideia de que tudo em Paris funciona perfeitamente e que os parisienses respeitam bem as leis. Mas não é bem assim que funciona no dia-a-dia. Se nós temos um jeitinho brasileiro, os parisienses tem o jeitinho parisiense de ser, o que inclui não respeitar a sinalização quando está de bicicleta e até mesmo conduzindo um automóvel. Resumindo: será raro você ouvir esta frase sair da boca de um verdadeiro parisiense...
7 - Querida, esta noite vamos olhar a lua e as estrelas!
No inconsciente coletivo internacional, Paris é a cidade mais romântica do mundo. Mas para os Parisienses, não tão... com a correria cotidiana, não sobra muito tempo para admirar as estrelas ou a lua, por exemplo. Isso sem falar que a meteorologia, o tempo cinza de Paris quase o ano inteiro, não ajuda muito... 
8 - Eu prefiro viver na periferia e ter um jardim.
Esta é outra frase que dificilmente você ouvirá sair da boca de um verdadeiro parisiense. Ultrapassar as fronteiras de Paris é de um esforço tão grande que não consigo nem explicar direito o porque. Na verdade, quem mora em Paris não gosta muito de ir mais longe que o alcance do metrô. Talvez pela praticidade...
9 - Visito sempre a Torre Eiffel!
Não, esta frase você também não ouvirá sair da boca de um parisiense! Na verdade, todos amam a "dama de ferro", mas ela é tão comum quanto os outros monumentos para quem vive aqui. Além disso, a torre é tão visitada por turistas que tem parisiense mais blasé que nem ousa botar os pés lá... xiiiii...

10 - Neste verão não haverá obras em Paris!
Esta frase se tornar realidade é quase impossível, pois no verão, a maioria dos parisienses entram de férias e Paris fica quase vazia, principalmente no mês de agosto. É a oportunidade que a prefeitura tem de executar obras importantes sem causa grandes transtornos.


11 - Adoro fazer shopping no Les Halles/Châtelet. 
Não! Isso nunca! Um parisiense que se preze evita ao máximo botar os pés no centro comercial Les Halles, que é integrado a gigante e popular estação de trens e metrô Châtelet. Por lá, passam as principais linhas de trens que ligam Paris a periferia. Além disso, a estação é tão grande que podemos nos perder lá dentro. Com as obras que estão sendo feitas, a prefeitura  promete entregar até 2016 um novo ambiente. Vamos ver se os parisienses serão seduzidos... 

12 - Esta noite, vamos trocar de bar! Vamos à "rive gauche"! 
Também não... um parisiense que se preze não vai para a balada no lado esquerdo do rio Sena, pois a vida boêmia de Paris está concentrada na margem direita (rive droit). Locais como Montmartre, Marais, Bastille, République, Ópera, Canal de Saint-Martin, entre outros, continuam sendo os mais badalados para os festeiros de plantão. Na "rive gauche" vive a população mais tradicional de Paris, portanto, os bares lá (com exceções, é claro), seguem este estilo.  

Gostou? Então clica aqui e segue o Viver Paris lá no Facebook!
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário