segunda-feira, 22 de junho de 2015

Saldos começam nesta quarta-feira (24/06) em Paris

© todos os direitos da imagem reservados

Um dos momentos mais esperados por parisienses e turistas são os saldos. Duas vezes por ano (um de verão e outro de inverno) eles atraem uma multidão de consumidores às lojas, com promessas de descontos que, em alguns casos, ultrapassam 70%, 80%. Em Paris, o saldo de verão começa nesta quarta-feira (24/06), se estendendo até o próximo dia 04 de agosto.

Confira abaixo algumas dicas de como melhor aproveitar os saldos de Paris:

1 - No primeiro dia -  o primeiro dia de saldos em Paris é uma verdadeira loucura. Tem parisiense que tira o dia de folga no trabalho para se esbaldar nas lojas e aproveitar os preços tentadores. A vantagem de ir no primeiro dia é que você deverá encontrar os produtos desejados no seu tamanho. A desvantagem é a grande quantidade de pessoas nas lojas, o que pode ser bem chatinho se você não curte agitação.

2 - Se organize antes - nada de ir às compras em dúvida do que vai comprar.  Se possível, visite suas lojas preferidas antes do início dos saldos. Pesquise preços, tamanhos (experimente as roupas) e as peças ou produtos que pretende levar. Desta forma você poderá ir direto ao ponto e aproveitar ao máximo as promoções sem se estressar. 

3 - Tamanhos -  o tamanho das roupas pode ser a pedra no sapato de quem deixa para ir às compras na última hora. Nos primeiros dias dos saldos, você tará mais probabilidade de encontrar aquele vestido ou calçado no seu número. Mas não se desespere achando que tudo acaba na primeira semana. Como os saldos duram mais de 1 mês, as lojas tendem a renovar o estoque no início de cada semana. Ou seja, caso não encontre o seu tamanho numa semana, tente na seguinte. 

4 - Internet - além das lojas físicas, as promoções tentadoras se estendem às lojas virtuais. Então não deixe de visitar o site da sua loja preferida durante os saldos. Quem sabe você não encontra no site o seu tamanho ou até mesmo um produto esgotado na loja? A internet também é uma ótima ferramenta para quem está em dúvida do que comprar e para aqueles que pretendem pesquisar os preços. Custa nada dar uma espiadinha nos modelos e produtos que estão em tendência antes de sair a campo com o cartão de crédito na mão, né?

5 - organize seu circuito de compras - Paris é enorme e os saldos estão por toda a cidade. Para aproveitar ao máximo, organize que bairros você deve começar. Se for ao centro de Paris, prefira o transporte público, pois é um inferno consegui vagas de estacionamento nesta época. Já nos centros comerciais (que possuem estacionamento e a maioria é grátis), ir de carro pode ser uma boa ideia, já que você pode guardar as sacolas na mala enquanto compra. Mas atenção, evite deixar suas compras expostas dentro do carro, deixe tudo trancado na mala, na maior discrição... Paris é relativamente segura, mas não precisa dar bandeira, nunca se sabe, né?

6 - Lojas de perfumes -  dificilmente as lojas de perfumes entram em saldo (o que é decepcionante para mim que adoro os perfumes franceses). E quando entram, são poucos os produtos que realmente estão em promoção. Uma forma de aproveitar descontos nestas lojas é ter o cartão de fidelidade, que em algumas ocasiões te dar direito a até 20% de desconto. Sendo turista ou morando em Paris, basta chegar na loja e pedir o cartão de fidelidade no momento da compra. Eles te dão na hora! Outra dica é tentar comprar os "coffrets" que sobraram de datas comemorativas, como natal, dia dos pais, dias das mães, etc, onde você leva, além do seu perfume preferido sabonetes, gels e hidratantes da sua marca predileta, pagando apenas o preço do perfume. 

7 - Não é só roupa - muita gente relaciona saldos apenas à lojas de roupas e calçados. Aqui na França, todos os seguimentos estarão em promoção, como supermercados, viagens, lojas de móveis e eletrônicos, etc. Então... aproveite!!  
 
8 - atenção ao prazo de troca - comprou aquela calça ou sapato por impulso? Quer trocar? Tenho uma má notícia: na França, nenhuma loja é obrigada por lei a trocar mercadoria como roupas ou calçados, salvo se ela estiver com defeito (isso inclui os produtos em saldo). Contudo, a maioria dos comerciantes, almejando um bom relacionamento com o cliente, oferecem um prazo para trocas, que geralmente é de 7 dias. Este prazo está marcado no cupom fiscal. Fique atento para este detalhe e leia bem a nota, pois se não estiver marcado que pode trocar você não vai conseguir efetuar a troca, nem usando o jeitinho brasileiro...
Já para as compras pela internet, o prazo de troca legal é de 14 dias, mesmo para os produtos em saldo. Mas atenção, o envio de volta é a cargo do cliente. 
Para produtos eletrônicos a garantia legal é de 6 meses, podendo se estendida pelo fabricante.
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário