terça-feira, 11 de agosto de 2015

Quanto custa morar em Paris?


Quanto custa morar em Paris? Apesar de subjetiva, esta dúvida vem surgindo com  frequência entre os leitores do Viver Paris. Seja no nosso Facebook, Instagran, e-mail ou através dos comentários no blog, venho percebendo o interesse pelo tema.

Foi por este motivo que resolvi escrever este artigo, para tirar as dúvidas e dar uma ideia do valor médio do custo de vida aqui na cidade luz. 

Apesar da fórmula não se aplicar a todos os perfis (pois cada um tem seu modo de vida) vou especificar alguns itens básicos como moradia, alimentação, saúde, salário, entre outros, com o objetivo de te dar uma ideia de quanto custa morar em Paris. Vamos lá?

Moradia

Como na maioria das grandes metrópoles, o aluguel é o item que mais pesa no orçamento aqui em Paris. Viver em Paris é relativamente caro. O aluguel de um apartamento de 40m2 num bairro popular, como 18 ou 19 arrondissement, pode custar entre 800 e 1200 euros. Caso vá para um bairro mais chique, como no bairro 16, este valor pode facilmente dobrar. 

É por este motivo, que muita gente que acaba de chegar em Paris, opta por morar nas cidades ao redor, onde os apartamentos são maiores e custam a metade deste valor. 

Como na região parisiense o transporte público é bom, a ligação destas cidades periféricas é feita através de trens e você terá um tempo médio de locomoção até Paris entre 15 ou 45 minutos, dependendo a distância da cidade onde você escolher para morar. 

Transporte - o transporte em Paris se baseia em trens e metrôs, que são rápidos e eficientes. O preço de um bilhete de metrô custa €1,80 por percurso. Mas se você mora em Paris poderá fazer um cartão de transporte que se chama Navigo. Com este cartão você poderá andar ilimitado por toda île-de-France (a grande Paris) de trem, metrô e ônibus, por apenas 70 euros por mês (preço válido a partir de setembro de 2015, com a extinção das zonas). 

Caso possua carro, o preço do combustível (gasolina) custa mais ou menos € 1,50 o litro.

Alimentação -  diferente do Brasil, a inflação aqui na França não chega a meio porcento por ano. Isso significa que fazer a feira do mês não custa tão caro e os preços são sempre estáveis. Com 300, 350 euros por mês, você consegue fazer uma boa feira para duas pessoas, incluindo itens supérfluos, como alguns vinhos e queijos. Já para comer na rua a regra não é a mesma. Um almoço num bom restaurante bistrô não sai por menos de 30 euros por pessoa (no mais barato). Para o jantar, o valor dobra facilmente.

Um lanche rápido como um Big Mac custa € 6,95 e um lanche menu com salada, sanduíche baguette/presunto e sobremesa, cerca de € 9 euros. 

Vai beber aquela cervejinha num bar ou restaurante? A loira custa entre € 3,50 e € 7 euros. Uma taça de vinho custa, em média, € 5 euros. Já a taça de champanhe pode ultrapassar facilmente os 10 euros. Já o cafezinho sai, em média, por € 3,50 se você resolver sentar num charmoso terraço de café.

Taxa de água e luz - alguns condomínios incluem a taxa de água, mas a luz é você quem paga. No verão, o custo é bem mais barato. Um apartamento de 50 metros quadrados, com tudo elétrico, incluindo forno, fogão e água quente, a conta sai, em média 30 euros por mês. No inverno, este valor pode triplicar por causa da utilização do aquecimento. Já o valor dos condomínios varia bastante, mas custam, em média, 100 euros por mês (incluindo a água)

Internet e telefone - comparado aos preços do Brasil, internet e telefone aqui custam relativamente barato. Um plano de internet + telefone fixo + televisão a cabo, custa mais ou menos 25 euros por mês. Vale lembrar que todas as principais operadoras daqui você pode ligar para fixos do Brasil (e de mais de 100 países) gratuitamente. Já um plano para seu celular, custa em média 20 euros, incluindo 4 gigas em 4G, ligações, sms e mms ilimitados. 

Caso queira a Globo internacional, o preço da assinatura (apenas da Globo) é de aproximadamente de 30 euros. Um absurdo! Portanto, melhor desapegar... 

Educação - Caso tenha filhos, vale lembrar que as escolas públicas aqui são gratuitas. Você paga apenas a cantina, que custa em média, 60 euros por criança todos os meses. 

Caso você esteja vindo para estudar, as universidades públicas também são financiadas pelo Estado francês. Dependendo da sua formação, você precisará pagar entre 189 e 615 euros por ano. Já uma formação num instituição privada sai entre 3 e 10 mil euros por ano. 

Saúde - na França, temos um seguro de saúde público (pago pelo nosso patrão) e um privado  (que custa em média 50 euros por mês). Um complementa o outro. Caso precise de uma consulta você paga ao médico (em Paris custa mais ou menos 30 euros a consulta com o clínico geral) e depois o Estado e o seu seguro privado te reembolsam. Já os medicamentos, você pega (a maioria), gratuitamente em qualquer farmácia. Exames e internações são geralmente pagos, uma parte por seu seguro privado e a outra pelo seu seguro social (do estado). As pessoas que não podem pagar (comprovadamente) são atendidas gratuitamente. 

Impostos - Além do preço do aluguel, você deve estar preparado também para pagar as taxas de habitação 1 vez ao ano (em outubro). Estas taxas são equivalentes ao nosso Iptu. O preço varia por cidade, mas você deve estar preparado para pagar, no mínimo, um aluguel a mais por ano. Além disso, dependendo do seu salário, você terá que pagar imposto sobre o salário. A alíquota depende de quanto você ganha. Se você ganha o salário mínimo e tem crianças, pode ser isento deste imposto. Mas se mora sozinho e ganha um pouco mais que 1 salário mínimo, terá que desembolsar, em média, 1 salário por ano para ficar em dia com o fisco. Mas como o sistema tributário da França é extremamente complexo, estes valores variam de acordo com a situação social de cada um. 

Salário na França -  Depois de descrever todas estes custos, afinal quanto é o salário mínimo na França? O salário mínimo na França é de € 1.425,67 por mês. Isso é o equivalente a € 9,40 por hora trabalhada. Apesar de parecer um bom salário, viver em Paris apenas com este montante é super difícil, pois o custo de vida aqui é extremamente alto. 

Eu diria que, pagando aluguel, para se viver relativamente bem em Paris e sem muito aperto é preciso ter uma renda de 2 mil euros para cima. 

Abaixo, alguns preços, em média, de Paris:

Pão Baguette - € 0,90
Leite/litro - € 0,75
Iogurte frutas - € 3,80 16 unidades
Dúzia de ovos - € 3,50
Peito de frango - € 10 o quilo
Café espresso num terraço € 3,50
Pizza média - 10 a 15euros
Big Mac - € 6,95
Água mineral no supermercado - €1.10 (6 garrafas de 1,5 litros)
Garrafa de champanhe - preço inicial € 16 euros no supermercado
Garrafa de vinho - preço inicial para vinhos de qualidade € 3,50 (supermercado).
Macarrons (unidade) - € 1,00 

Voilà! Espero que vocês tenham curtido nossa postagem. Não deixem de comentar e de nos seguir no Facebook! Até breve! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário