terça-feira, 7 de janeiro de 2020

7 dicas para poupar nos saldos em Paris!



Amanhã, dia 08 de Janeiro, começa em Paris os tão esperado saldo de inverno, a ocasião de comprar tudo o que você deseja poupando bastante dinheiro. Este ano, os saldos durarão apenas 4 semanas, ao invés das 6 semanas em anos anteriores. 
Nosso blog preparou algumas dicas para que você possa aproveitar ao máximo os saldos parisienses sem estresse e economizando o máximo possível!

1 - Aproveite as Ventes Privées e afins...

Uma ou duas semana antes dos saldos, várias marcas resolvem antecipar as promoções para os clientes fiéis, fazendo as famosas ventes privées (vendas privativas). Verifique se a sua loja ou marca preferida realiza alguma promoção. Algumas marcas fazem este tipo de promoção apenas para compras online, outras para compras online e na loja física. Não perca tempo, dê uma checada no web site as promoções antecipadamente, pois você terá mais chances de encontrar os modelos e tamanhos que deseja. 

2 - Se inscreva nas newsletters e siga nas redes sociais

Ok, você detesta receber publicidade toda hora, mas na hora dos saldos, a melhor forma de ficar por dentro das promoções antes de todo mundo é seguindo suas marcas preferidas (ou lojas) nas redes sociais. Então siga e se inscreva nas newsletters para ficar sabendo das promoções antes de todo mundo. Durante a black friday deste ano graças a estar inscrito na newsletters do Amazon, consegui um Apple Watch 4 pela bagatela de 329 euros. 

3 - Saiba o que vai comprar

Muita gente fica perdido nos saldos por simplesmente não ter se organizado antes para saber o que vai comprar. Durante os saldos é preciso ser proativa (o) e organizar sua lista de compras. Saiba exatamente o que vai comprar. Se precisar de roupas, por exemplo, saiba o seu tamanho, e tente experimentar na loja antes, assim você evita retornos por problemas de tamanho (caso a loja não tenha mais o seu tamanho na hora da troca você poderá perder a oportunidade de comprar aquela roupa desejada em promoção). Uma dica interessante para quem compra online é colocar todos os produtos desejados no carrinho antes dos saldos, desta forma basta fechar a compra assim que os saldos começam. As chances de consegui o que você deseja é bem mais alta. 


4 - Cuidado com as falsas promoções

Embora os saldos sejam regulamentados pelo governo francês, algumas marcas e comerciantes inescrupulosos podem inflar os preços antes e depois baixá-los durante os saldos. Outros comerciantes podem simplesmente vender todo o "lixo" do estoque como coleção atual. Para evitar cair em ciladas como estas é melhor se organizar antes, saber o que vai comprar e seu respectivo preço antes dos saldos, como já mencionei acima. 

5 - Prove na loja e compre pela internet

Esta é uma astúcia utilizada por muitos franceses. Por que? Porque simplesmente toda compra que é feita pela internet você tem um direito de retração num prazo de 14 dias, independentemente do motivo (ou do produto estar em saldo ou não). Não gostou do que comprou? Pode mandar de volta sem problemas e pedir a troca ou reembolso. Quando você compra na loja física, esta regra não se aplica e depende da política de troca de cada loja ou marca. A melhor forma de saber se produtos em saldos comprados em lojas físicas podem ser trocados é perguntando e lendo no cupom fiscal as condições de troca, se elas existem ou não. Esta informação é obrigatória e está marcada normalmente no final do cupom fiscal. Cheque bem!

6 - Fique de olho na garantia!

Não é porque o produto está em saldo que ele não tem uma garantia legal. Para roupas e sapatos, a garantia na França é determinada pela marca, fabricante ou loja. Para eletrônicos e eletrodomésticos a garantia legal é geralmente de 6 meses, podendo se estender a 1 ou 2 anos, exatamente como no Brasil. Para produtos em saldos, se informe com o vendedor. 

7 - Nada de compras por impulso

Se você é daqueles que possui peças de roupas ou produtos que nunca usou ou usa com pouca frequência, você pode ser um consumidor impulsivo. Um estudo realizado durante a última black friday aqui na França revelou que 50% dos consumidores franceses pretendiam comprar algo que não necessariamente planejaram ou precisavam, ou seja, comprar por impulsão apenas para aproveitar a "oportunidade". Se você não quer gastar de dinheiro em vão e se encontrar com o guarda-roupas abarrotado de peças que você vai doar ou jogar no lixo depois (mesmo sem ter usado muitas delas), o melhor é se controlar (como já disse) e planejar as compras. 

Gostou das dicas? Tem outras sugestões de como aproveitar os saldos parisienses? Não deixe de participar nos comentários ou pelas nossas redes sociais. Até breve! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário